DIA DO ESTUDANTE: Ação de interação com os alunos em sala de aula

O Dia do Estudante caiu justamento no domingo, dia de descanso dos nossos alunos. Mas nós não deixamos passar em branco e nesta última segunda-feira nós preparamos uma invasão nas salas de aulas com um jogo que envolveu sorte e conhecimento sobre o curso. No final tivemos alunos premiados com vouchers para usar no Hits Music Bar, caixas de chocolates e um convite para participarem do concurso cultural, que consiste em postar uma foto criativa dentro da instituição em suas redes sociais marcando a faculdade, com a hashtag #EuSouFVP, até o próximo dia 14/08 (quarta-feira). Uma comissão julgadora vai eleger a melhor foto, premiando o autor do post com uma mensalidade isenta.

DEBATE: Reforma da Previdência

Foi um sucesso nosso debate sobre a Reforma da Previdência, promovido pela equipe do curso de Direito e demais colaboradores da FVP. Tema importantíssimo e muito atual, diante das últimas decisões dos representantes na câmara, em Brasília. O conhecimento é a base da sabedoria.

WhatsApp-Image-2019-07-18-at-17.32.19

Image 1 of 7

DEBATE: REFORMA DA PREVIDÊNCIA

O curso de direito da Faculdade Vale do Pajeú em parceria com a OAB promove debate sobre a Reforma da Previdência no próximo dia 18/07, em São José do Egito.

O debate que será mediado pelo professor e mestre em Direito, Pedro Josephi, terá a participação dos advogados previdenciários Eduardo Barros, ex assessor da presidência da FUNAPE, e Esterferson Nogueira, procurador do Município de Afogados da Ingazeira e ex presidente da OAB Serra Talhada.

A mesa será presidida pela advogada e presidente da subseccional Afogados da Ingazeira, Laudicéia Rocha.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas presencialmente ou pelos telefones (87)3844-1941 / 99948-1802.

VOCÊ JÁ PODE CONSULTAR O RESULTADO DO PROUNI 2019.2 (1a CHAMADA)

O Ministério da Educação já liberou a consulta dos pré-selecionados na 1a Chamada do ProUni 2019.2. Esses deverão trazer a documentação abaixo para comprovação até o dia 25/06.

– DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO E DOS MEMBROS DO GRUPO FAMILIAR;
– SEU COMPROVANTE DE RESIDÊNCIA E DO GRUPO FAMILIAR;
– COMPROVANTES DE RENDIMENTOS, PRÓPRIO E DO GRUPO FAMILIAR;
– COMPROVANTE DE SEPARAÇÃO, DIVÓRCIO OU ÓBITO DOS PAIS;
– COMPROVANTE DE PAGAMENTO DE PENSÃO ALIMENTÍCIA (caso esta tenha sido abatida da renda bruta de membro do grupo familiar);
– COMPROVANTES DE ENSINO MÉDIO
– Comprovantes dos períodos letivos referentes ao ensino médio cursados em escola pública, quando for o caso.
– Comprovante de percepção de bolsa de estudos integral durante os períodos letivos referentes ao ensino médio cursados em instituição particular, emitido pela respectiva instituição, quando for o caso.
– Vias originais, a serem apresentadas pelo candidato que tenha cursado o ensino médio no exterior, dos documentos referidos nos itens acima e a respectiva tradução para o português, por tradutor
juramentado, nos termos do art. 224 da Lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002 (Código Civil).
– Certificado, para a comprovação de conclusão do ensino médio, que o candidato pode apresentar com base no resultado no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no Exame Nacional para Certificação de
Competências de Jovens e Adultos (Encceja) ou nos exames de certificação de competência ou de avaliação de jovens e adultos realizados pelos sistemas estaduais de ensino. Nesse caso, o estudante não
pode ter cursado, em algum momento, o ensino médio em escola particular, exceto na condição de bolsista integral da própria escola;
– COMPROVANTE DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO BÁSICA, quando for o caso;
– COMPROVANTE DE DEFICIÊNCIA, quando for o caso.

Dúvidas sobre a documentação: Clique Aqui

Consulta dos Pré-selecionados: Clique Aqui

PROUNI 2019.2 – INSCRIÇÕES ATÉ 14/06

Começam hoje (11) as inscrições do Programa Universidade para Todos (ProUni). O prazo para participar da seleção vai até 14 de junho. A inscrição deverá ser feita pela internet, no site do Prouni.

As bolsas de estudo ofertadas pelo ProUni são parciais, de 50% do valor da mensalidade, e integrais, de 100%. As bolsas integrais são destinadas a estudantes com renda familiar bruta per capita de até 1,5 salário mínimo. Já as bolsas parciais contemplaram os candidatos que têm renda familiar bruta per capita de até 3 salários mínimos.

Podem se inscrever candidatos que não tenham diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018. Além disso, os estudantes precisam ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou em instituição privada como bolsista integral.

É preciso ter obtido ainda uma nota mínima de 450 pontos na média aritmética das notas obtidas nas provas do Enem. O cálculo é feito a partir da soma das notas das cinco provas do exame e, depois, dividindo por cinco. Outra exigência é a de que o aluno não tenha tirado zero na redação.

Também podem participar do programa estudantes com deficiência e professores da rede pública.

(Fonte: Agência Brasil)